Tragédia em Angra dos Reis provoca fuga de turistas

As mortes e as cenas de destruição provocadas pelas chuvas em Angra dos Reis na virada do ano está provocando uma debandada de turistas em todo litoral sul do Estado do Rio. Segundo o presidente da seção fluminense da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), Alfredo Lopes, os hotéis de Angra dos Reis tiveram quase 40% das reservas canceladas desde a tragédia.

Agência Estado |

Na Ilha Grande, os cancelamentos chegaram a 55%. Houve cancelamentos também nos hotéis de Paraty, que sofre com as interdições na Rio-Santos (BR-101).

"Hotéis que estavam com 98% dos quartos ocupados no réveillon viram a ocupação despencar para 30% no dia seguinte. É natural as pessoas anteciparem a saída no primeiro momento da tragédia, mas a comoção e a cobertura intensiva da mídia está dando a impressão errada de que áreas que não foram afetadas pela chuva são de risco", disse Lopes.

Para ele, a rede hoteleira da região, dos resorts do continente às pousadas da Ilha Grande, amargará um grande prejuízo este ano. "Havia uma expectativa muito positiva para o verão, mas agora a taxa média de ocupação em janeiro deve ficar abaixo de 50%, impactando a economia de toda região."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG