Tráfico queima quatro ônibus na zona norte do Rio

Traficantes do Morro da Mangueira, na zona norte do Rio, incendiaram ontem quatro ônibus em ruas próximas da favela, em represália à morte de três criminosos durante operação da Polícia Civil. Entre os mortos está o chefe do tráfico local, Leandro Monteiro Reis, o Pitbull, procurado há mais de um ano pela polícia.

Agência Estado |

Durante a ação, os policiais encontraram no porão de uma casa um paiol dos criminosos. Foram apreendidas uma metralhadora ponto 30, um fuzil, duas pistolas e meia tonelada de maconha. Outro fuzil foi apreendido com um dos traficantes mortos. Quatro pessoas foram presas e quatro ficaram feridas. Logo que a operação começou houve intensa troca de tiros e dois criminosos morreram.

Segundo informações recebidas pelo titular da Delegacia de Combate às Drogas (DCOD), delegado Marcus Vinícius Braga, o chefe do tráfico da favela, Pitbull, estava entre os feridos. Pitbull foi levado para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio, por pessoas da favela, mas ele já estava morto. O secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, lamentou o ataque aos ônibus e disse acreditar que a morte de Pitbull pode abalar a quadrilha que domina os pontos-de-venda de drogas no morro. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG