Traficantes sequestram ônibus e caminhão para impedir ação policial em favela do Rio

RIO DE JANEIRO ¿ Traficantes da favela Vila Cruzeiro, na Penha, zona norte do Rio de Janeiro, sequestraram na manhã desta terça-feira três ônibus da Viação Nossa Senhora de Lourdes e dois caminhões da Comlurb (Companhia Municipal de Limpeza Urbana) para bloquear o acesso de policiais militares à comunidade.

Redação |

De acordo com a Polícia Militar, soldados do 16º BPM (Olaria) faziam um patrulhamento de rotina na favela, por volta das 8h30, quando se depararam com traficantes. Houve troca de tiros, mas ninguém ficou ferido.

Para evitar que os policiais tivessem acesso aos principais pontos de venda de drogas da Vila Cruzeiro, os traficantes tomaram três ônibus das linhas 313 (Penha/Tiradentes), 622 (Penha/Saens Pena) e 621 (Penha/Saens Pena) para fazer barricadas. Os motoristas e os passageiros foram expulsos dos coletivos, sem deixar feridos.

Além dos ônibus, os traficantes também tomaram dois caminhões da Comlurb. Segundo a assessoria de imprensa da companhia, os criminosos mandaram os motoristas dos caminhões manobrarem os veículos, fechando assim um dos acessos à Vila Cruzeiro. Cerca de 10 minutos depois, os garis foram liberados.

Por volta das 13h, os três ônibus da Viação Nossa Senhora de Lourdes também foram resgatados com o auxílio da associação de moradores da comunidade. Ninguém foi preso e nenhum material foi apreendido na favela nesta terça-feira.

Por causa da troca de tiros ocorrida pela manhã, quatro escolas e uma creche da região fecharam e 2.800 alunos ficaram sem aula, segundo a Secretaria Municipal de Educação.

*com informações da Agência Estado

Leia mais sobre: violência no Rio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG