Traficantes colocam fogo em micro-ônibus no Rio e 13 ficam feridos

Pelo menos 13 pessoas ficaram feridas, sendo 5 delas em estado grave, num ataque de traficantes com coquetéis molotov a um micro-ônibus na Cidade de Deus, na zona oeste do Rio de Janeiro.

EFE |

Segundo o tenente-coronel Djalma Beltrame, comandante do batalhão mais próximo ao local do crime, um grupo de pelo menos quatro homens armados lançou os coquetéis molotov.

O veículo, que estava com 20 passageiros no momento, pegou fogo rapidamente e muitos sofreram queimaduras antes de sair - uma delas uma mulher grávida que subia no micro-ônibus na hora do ataque.

Os feridos mais graves, com queimaduras em até 30% do corpo, foram levados a um hospital da Barra da Tijuca, enquanto outros acabaram atendidos numa ambulância dos bombeiros enviada ao local.

A Polícia diz que o ataque foi uma represália à prisão de um traficante, um dia antes. A Cidade de Deus é uma das comunidades em que há uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), o que diminuiu a violência no local.

Após o ataque, cerca de 100 agentes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) foram enviados ao local para reforçar a segurança.

    Leia tudo sobre: traficantes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG