Traficantes acusados da invasão do Morro dos Macacos são transferidos

RIO DE JANEIRO - Os sete traficantes acusados de envolvimento na tentativa de invasão do Morro dos Macacos, na zona norte do Rio, em 17 de outubro passado, quando um helicóptero da Polícia Militar foi derrubado, foram transferidos neste domingo para o presídio federal de segurança máxima de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul.

Agência Brasil |


Segundo a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária, os criminosos deixaram o complexo penitenciário de Bangu, que fica na zona oeste do Rio, por volta das 8h40, seguindo num comboio até o Aeroporto Santos Dumont, no centro da cidade. O avião que os levou decolou às 11h20.

A transferência foi autorizada neste sábado pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, atendendo a uma solicitação da Secretaria Estadual de Segurança.

Os presos transferidos são: Wilton Carlos Rabello Quintanilha, o Abelha; Levi Batista da Penha, o Baby; Odir dos Santos, o Odir da Vila do João; Marcelo Fonseca de Souza, o Marcelo Xará; Bruno da Silva Loureiro, o Coronel; Marcio Batista da Silva, o Dinho Porquinho e Marcos Marinho dos Santos, o Chapolim.

De acordo com a polícia, Chapolim é também acusado de integrar uma quadrilha de tráfico internacional de armas, que seria comandada pelo traficante Fernandinho Beira-Mar.

Leia mais sobre: traficantes

    Leia tudo sobre: riotraficantetraficantesviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG