Traficante peruano é transferido para presídio federal

Javier é acusado de ter liderado o embate que terminou com as mortes de policiais federais em novembro do ano passado

AE |

A Polícia Federal do Amazonas transferiu no início da tarde desta terça-feira para o presídio federal de Porto Velho (RO) o suposto narcotraficante peruano Jair Ardena Michue, o Javier. Ele é acusado de ter liderado o embate que terminou com as mortes dos policiais federais Mauro Lobo e Leonardo Yamaguti, em novembro do ano passado.

Segundo o superintendente da PF no Amazonas, Sérgio Fontes, a transferência é para preservar a segurança do preso e evitar um possível resgate feito por comparsas, dada a proximidade de Manaus com os países de alcance da suposta quadrilha comandada por Javier. Ainda de acordo com Fontes, a medida é necessária também porque não há no Amazonas um presídio com os necessários aparatos de segurança máxima, como o de Porto Velho, inaugurado em 2008.

Javier estava preso em Manaus desde o dia 2, quando foi transferido de Tabatinga, a 1.105 quilômetros da capital amazonense, onde estava depois de ter sido capturado em Benjamim Constant, durante a Operação Ilhas, da PF.

    Leia tudo sobre: perutraficantePorto Velhoamazonas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG