Tradutora do jornal espanhol El Mundo presa no Irã

A jornalista Fariba Pajooh, 28 anos, que trabalha como tradutora do jornal espanhol El Mundo no Irã, está presa há 52 dias, acusada pelas autoridades iranianas de propaganda contra o regime, informa o diário de Madri.

AFP |

A jornalista, tradutora credenciada do jornal espanhol na eleições de junho no Irã, foi presa no primeiro dia do Ramadã, 22 de agosto, na casa dos pais e levada para a penitenciária de Evin, em Teerã.

"Fariba é acusada de propaganda contra a República Islâmica do Irã", afirmou a advogada Mina Jafari, que disse ainda que a jornalista é pressionada a confessar as acusações inventadas contra ela.

"Ao marido de Fariba também afirmaram que pode estar detida sob a acusações de ter relações com estrangeiros, mas ninguém fala claramente", disse o pai da detenta.

"O caso de Fariba é mais um exemplo da pressão a que são submetidos dezenas de jornalistas, políticos e pessoas vinculadas ao movimento reformista após a controversa reeleição do presidente Mahmud Ahmadinejad", destaca o jornal El Mundo.

pta/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG