Trabuco substitui Cypriano no comando do BRADESCO

SÃO PAULO (Reuters) - O Bradesco anunciou nesta segunda-feira que seu conselho de administração aprovou a indicação de Luiz Carlos Trabuco Cappi, atual diretor-presidente da área de seguros do grupo, para ocupar o lugar do atual presidente da instituição, Márcio Cypriano, que deixará o posto em março após 10 anos. O senhor Márcio Artur Laurelli Cypriano, tendo atingido a idade limite prevista no estatuto social do banco para o cargo, não poderá, após 10 anos de profícua gestão, ter o seu mandato renovado, informa o maior banco privado do país em comunicado ao mercado.

Reuters |

A indicação de Trabuco ao cargo foi feita pelo fundador do Bradesco e presidente do conselho de administração, Lázaro de Mello Brandão.

Trabuco deverá ser confirmado no cargo na próxima reunião de conselho de administração, marcada para março, quando Cypriano, que está com 65 anos, seguirá como membro do conselho de administração do Bradesco.

O novo indicado, que completa 58 anos este ano, é formado em filosofia, ciências e letras e está no Bradesco desde 1969. Ele ocupa a presidência da Bradesco Seguros desde março de 2003.

Às 11h17, as ações do Bradesco recuavam 1,53 por cento, a 23,77. No mesmo horário, o Ibovespa perdia 2,26 por cento.

Sob o comando de Cypriano, o Bradesco fez importantes aquisições nos últimos anos, incluindo a compra das operações da American Express no Brasil, por 490 milhões de dólares, em 2006, e da maior corretora do país, a Ágora, por 830 milhões de reais, no ano passado.

Mas quando a fusão entre Itaú e Unibanco for oficializada, o Bradesco perderá a posição de maior banco privado do país.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG