Trabalhadores dos Correios fazem assembléias

BRASÍLIA - Os trabalhadores dos Correios em todo o País fazem assembléias nesta segunda-feira para decidir se aceitam ou não os termos do acordo firmado no sábado (19) à noite pelo Ministério das Comunicações, a Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) e lideranças sindicais para o fim da greve da categoria, que completa 22 dias.

Agência Brasil |

A proposta prevê pagamento, em definitivo, de 30% do salário-base para 43 mil carteiros que trabalham na distribuição e coleta externa, a título de adicional de atividade, retroativo a junho de 2008. Aos demais empregados que trabalham na distribuição e aos atendentes em guichês de agências, a empresa continuará pagando o valor fixo de R$ 260,00.

Sobre o Plano de Cargos, Carreiras e Salários de 2008, o assunto volta a ser discutido em agosto. Também foi acordado que não haverá descontos dos dias parados e que o crédito do vale-refeição/alimentação/cesta será feito após o encerramento da greve.

Hoje, o Ministério das Comunicações, a ECT e Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresa de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect) encaminham o texto do acordo para homologação do Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Leia mais sobre: Greve dos Correios

    Leia tudo sobre: correios

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG