Um trabalhador da construção civil morreu hoje no Parque dos Lagos, em Ribeirão Preto (SP), ao reagir a assalto na residência onde morava com outros 14 colegas de trabalho. A residência foi invadida no início da madrugada por cinco adolescentes, que estavam armados e renderam os moradores.

José Arnaldo da Silva, de 37 anos, reagiu à invasão, foi atingido por dois tiros e morreu no local. Os trabalhadores haviam recebido salários na véspera. Na casa foram disparados cerca de 20 tiros. A quantia de dinheiro levada não foi revelada.

Pouco depois do assalto, após denúncia anônima, foi preso um adolescente que estava ferido num dos braços. Outro menor foi apreendido pouco depois. Três continuam foragidos. Os trabalhadores, assustados, vão mudar de casa. O menor ferido apreendido foi reconhecido e em outubro tinha sido detido pela polícia com produtos roubados no mesmo bairro, armas e munições. Porém, foi liberado pela Justiça.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.