Total de vagas em 2009 cresce mais para trabalhadores domésticos

IBGE contabilizou 7,2 milhões de pessoas trabalhando em residências no ano passado

Sabrina Lorenzi, iG Rio Janeiro |

O mercado de trabalho cresceu mais entre os trabalhadores domésticos no ano passado. Enquanto a população ocupada aumentou apenas 0,3% entre 2008 e 2009, neste grupo o avanço foi de 9%. A Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios (Pnad), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) contabilizou 7,2 milhões de pessoas trabalhando como empregada doméstica, babá, cozinheira, lavadeira, jardineiro, entre outros que desempenham atividades domésticas.

Em 2009, 7,8% da população ocupada era composta por trabalhadores domésticos. Empregados em outras atividades representavam 58,6% da população com trabalho; 20,5% eram trabalhadores por conta própria e 4,3%, empregadores. De 2004 para 2009, cresceu a participação dos empregados (55,1% para 58,6%) e caiu a de trabalhadores por conta própria (22,0% para 20,5%).

De acordo com o IBGE, 42,9% da população ocupada trabalhava no setor de serviços no ano passado. O percentual em 2008 era quase o mesmo, de 42,3%. Não houve alteração significativa na distribuição dos trabalhadores de um ano para o outro: 7,4% estavam na construção civil, 14,7% na indústria, 17% na atividade agrícola.

    Leia tudo sobre: Pnadtrabalhorendadoméstico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG