Total de mortes pelas chuvas no RJ chega a 19

Dezenove pessoas morreram no Rio de Janeiro em consequência da forte chuva que caiu durante mais de 24 horas ininterruptamente e deixou a cidade em estado de alerta no último dia do ano. Dez pessoas morreram na cidade e nove em municípios vizinhos.

Agência Estado |

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, vai manter o estado de alerta enquanto perdurarem as chuvas. A Defesa Civil municipal colocou cerca de 200 homens nas ruas e montou uma sala de emergência para acompanhar a situação na sede da Companhia Estadual de Tráfego (CET).

Desde quarta-feira, a Defesa Civil recebeu 307 ocorrências, boa parte delas (100) por deslizamentos de encostas.

Transtornos

As chuvas causaram transtornos em vários pontos da cidade do Rio. O aeroporto Santos Dumont chegou a fechar pela manhã durante uma hora, mas voltou a operar por instrumentos. No Aeroporto Internacional Tom Jobim não houve interrupções para pouso e decolagem, mas durante todo o dia as operações foram feitas por instrumentos.

Um helicóptero fez pouso de emergência, por volta das 9h , no pátio de estacionamento da Viação Acari, em Cascadura, na zona Norte. A aeronave prefixo PT YEB, segundo relato da tripulação a funcionários da empresa de ônibus, apresentou problema técnico, agravado pelas chuvas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG