Tony Kanaan é pole das 500 Milhas da Granja Viana

Tony Kanaan conquistou nesta sexta-feira a pole position da 12.ª edição das 500 Milhas da Granja Viana.

Agência Estado |

Mesmo sem a presença do antigo parceiro Rubens Barrichello, que preferiu passar a sexta-feira jogando golfe, o astro da Fórmula Indy dominou o Top Qualifying e comandará pela quinta vez o grid de 65 karts. Em segundo ficou Vítor Meira, também da Fórmula Indy.

Entre os astros da Fórmula 1, Nelsinho Piquet classificou-se em 4.º e Felipe Massa, que enfrentou problemas mecânicos na tomada classificatória, sairá em 11.º. A largada está marcada para as 13 horas de sábado. Serão 644 voltas ou o limite de 12 horas.

Kanaan e Barrichello formam a parceria mais vitoriosa da história da prova. Foram sete títulos até agora. Nesta sexta, Kanaan mal havia retornado aos boxes quando recebeu o telefonema do amigo.

"Ele ligou para me cumprimentar e dizer que representei bem a equipe. Agradeci, mas lembrei que amanhã (sábado) a responsabilidade será dele, já que o Rubinho é quem vai largar", brincou Kanaan, que ainda esnobou Barrichello. "Agora dá licença que estou famoso e dando entrevistas..."

Massa não foi feliz na tomada classificatória do grupo de convidados. O rolamento da embreagem quebrou logo na terceira volta e o piloto precisou recorrer aos pneus do segundo kart da 'Massa Blausiegel Team' para o Top Qualifying. Terminou apenas em 12.º e foi beneficiado pela punição aplicada a Raphael Matos, que havia feito o quatro tempo, mas deu uma segunda volta - cada piloto tinha direito a apenas uma.

"Foi mais ou menos. Nunca estivemos entre os mais rápidos e talvez o problema esteja nos nossos motores. Mas é o tal negócio: nas últimas três corridas fiz duas poles e um terceiro lugar, mas não terminei nenhuma delas. Pode ser que a sorte agora seja diferente. Claro que é legal largar na pole, mas em termos práticos isso não significa quase nada por causa da longa duração da corrida", declarou Massa.

Nelsinho Piquet, em contrapartida, gostou do quarto lugar. "É sempre bom largar entre os primeiros, principalmente em uma prova tão competitiva como essa. Mas é preciso lembrar que é uma corrida de 12 horas, ou seja, bastante longa, e mais importante que tudo é o kart resistir até o final", observou Nelsinho. "Estamos bastante motivados para a prova. O kart está rápido, com bom acerto. Nosso objetivo é brigar pela primeira vitória da equipe nas 500 Milhas".

Veja os 12 melhores classificados para as 500 Milhas da Granja Viana:

1.º Tony Kannan, Barrichello Racing, 57s891
2.º Vitor Meira, Tony Kart/Fittipaldi, 58s089
3.º Eduardo Ventre, MG Pneus, 58e179
4.º Nelsinho Piquet, Oi Piquet Sports, 58s283
5.º Francesco Ventre, MG Pneus, 58s302
6.º Charlie Fonseca, Tony Kart/Fittipaldi, 58s370
7.º Eduardo Leite, Spirit Sports, 58s378
8.º Felipe Giaffone, Webmotors/HSBC/Caras, 58s387
9.º André Nicastro, Win Brazil, 58s432
10.º Rafael Suzuki, Sabiá Racing, 58s442
11.º Felipe Massa, Massa Blausigel Team58s501
12.º Mario Haberfeld, Tony Kart/Fittipaldi , 58s534

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG