Toffoli pede vista e adia decisão sobre Azeredo no STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) José Antonio Dias Toffoli pediu vista do inquérito em que a Procuradoria-Geral da República acusa o senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG), ex-governador de Minas Gerais, de desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro. O pedido de vista adiou a sessão de hoje, na qual os ministros do STF decidiriam pela aceitação ou não das denúncias contra Azeredo.

Agência Estado |

Toffoli justificou o pedido de vista dizendo que tem dúvidas em relação às denúncias. Especificamente, o ministro disse que quer examinar melhor um recibo de R$ 4,5 milhões que teria sido assinado por Azeredo.

O senador disse hoje que o papel foi incluído nos autos pelo ministro Joaquim Barbosa e que "é falso, com erros grosseiros".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG