gratidão não se paga com toga - Brasil - iG" /

Toffoli: gratidão não se paga com toga

Mesmo reconhecendo que tem muitos amigos na política e pode vir a ser o julgador de alguns deles, o mais novo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), José Antonio Dias Toffoli, de 41 anos, diz que, a partir da posse, não se depende de mais ninguém. Ele usou a frase para falar da independência proporcionada, por exemplo, pela vitaliciedade do cargo. Gratidão se paga com gratidão. Não se paga com a toga, declara.

Agência Estado |

Toffoli pode ficar no Supremo por longos 29 anos, até 15 de novembro de 2038, quando completa 70 anos e atinge a aposentadoria obrigatória. Ele assume no STF no dia 23, na vaga aberta com a morte do ministro Menezes Direito. "Vou com a vontade de passar vários anos me dedicando a esse trabalho, porque estarei me dedicando à Nação brasileira", disse.

Como na sabatina diante dos senadores da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Toffoli não quis se comprometer com a ideia de que, por ter dirigido a Advocacia-Geral da União (AGU), não deve participar do julgamento da concessão de refúgio ao ativista italiano Cesare Battisti.

O novo ministro também preferiu não definir sua posição ideológica. "A maneira como vou me comportar no Supremo vou demonstrar ao longo dos meus votos. É difícil dizer se serei mais liberal, mais progressista ou mais conservador. Procurarei sempre me balizar pelas leis e pela Constituição", afirmou.

    Leia tudo sobre: tofolli

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG