TJ-RJ nega pedido de Lins para adiar depoimento à Alerj

O deputado estadual Álvaro Lins (PMDB-RJ) terá de depor hoje na Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). O Tribunal de Justiça do Estado do Rio (TJRJ) negou o pedido de Lins para que o depoimento no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Alerj fosse adiado.

Agência Estado |

A defesa dele alegava no TJRJ que o conselho não poderia funcionar durante o recesso parlamentar, em julho.

O desembargador Marcus Fáver, do Órgão Especial do tribunal, disse, na decisão, entretanto, que não existe qualquer vedação constitucional ou regimental que impeça o funcionamento do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar. Lins enfrenta um processo de cassação e é acusado de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha armada, mas nega todas as acusações.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG