A 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG) concedeu nesta terça-feira o habeas-corpus para o prefeito de Juiz de Fora (MG), Carlos Alberto Bejani (PTB), um dos suspeitos de envolvimento com um esquema de desvio de verbas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Autuado em flagrante por porte ilegal de armas durante a deflagração da Operação Pasárgada, Bejani é o único dos 17 prefeitos presos temporariamente pela Polícia Federal (PF) que permanece detido. A expectativa é que ele seja solto hoje.

Leia mais sobre: Pasárgada

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.