Pelo menos oito pessoas morreram na tarde desta quinta-feira em um confronto entre policiais militares e traficantes na Favela do Jacarezinho, na zona norte do Rio de Janeiro. Entre as vítimas estão sete pessoas supostamente ligadas ao tráfico de drogas e o cabo da Polícia Militar Adriano Ferreira da Silva, de 37 anos.

De acordo com a PM, soldados do 3º BPM (Méier) faziam um patrulhamento de rotina no Jacarezinho, por volta das 12h30, quando foram recebidos a tiros por traficantes. Os criminosos estariam vendendo crack quando foram surpreendidos pelos policiais.

O intenso tiroteio assustou os moradores da comunidade e muitos evitaram sair de casa. Uma moradora foi baleada e levada para o Hospital Geral de Bonsucesso. Segundo a unidade, Estela Maria Pereira de Oliveira, de 46 anos, foi baleada no rosto, medicada e já recebeu alta.

O policiamento está reforçado na Favela do Jacarezinho e um veículo blindado dá suporte aos agentes. Soldados do 22º BPM (Maré) também estão no local. Seis pessoas suspeitas foram detidas e levadas para a 25ª DP (Engenho Novo).

Os PMs já aprenderam na favela cinco pistolas, dois revólveres e uma carabina. Eles também encontraram na comunidade 2 mil trouxinhas de maconha, 400 pedras de crack e 1.300 sacolés de cocaína.

*com informações da Agência Estado

Leia mais sobre: violência

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.