SALVADOR - Quatro ladrões e dois policiais militares trocaram tiros nesta quarta-feira no Posto de Saúde de São Caetano, bairro periférico de Salvador. De acordo com a Polícia Militar (PM), os criminosos chegaram em duas motos e, armados, ameaçaram os funcionários da unidade.

Os policiais em serviço reagiram, dando início ao tiroteio. Ainda não se sabe qual era a intenção do grupo. Um dos ladrões, que portava uma identidade falsa, morreu no local. Um dos suspeitos e mais duas pessoas se feriram.

Um estudante de 17 anos que passava pelo posto foi atingido por uma bala perdida e internado em estado grave no Hospital Geral do Estado. A recepcionista da unidade Eliomar Alves levou um tiro de raspão na cabeça. Ela foi medicada e liberada. Já o outro suspeito foi baleado no braço, mas conseguiu fugir. Esta foi a segunda ação, em três dias, de assaltantes em unidades de saúde na região metropolitana de Salvador.

Na noite de segunda-feira quatro homens e uma mulher invadiram a Unidade de Saúde da Família de Areia Branca, bairro periférico de Lauro de Freitas, e roubaram o computador, o aparelho telefônico, além dos celulares dos sete funcionários do local.

Para garantir a fuga, o grupo sequestrou uma médica e o motorista que trabalhavam na unidade. Eles foram abandonados poucos quilômetros depois, em uma movimentada avenida de Salvador. A polícia diz ter pistas sobre os autores dos dois crimes e promete solucionar os casos em poucos dias.

Leia mais sobre: Salvador

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.