Tiroteio em fazenda de Dantas faz feridos, reféns são libertados

SÃO PAULO (Reuters) - Um tiroteio no sábado entre trabalhadores sem-terra e seguranças resultou em feridos e em cinco reféns, que já foram libertados, na fazenda de uma empresa ligada ao grupo Opportunity, pertencente ao banqueiro Daniel Dantas, no Pará.

Reuters |

As informações são do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra e da assessoria de imprensa da fazenda, mas ainda não há uma confirmação precisa do número de feridos. O MST fala em nove feridos, enquando uma fonte ligada ao Opportunity diz que são oito e a assessoria da fazenda relata apenas dois.

A fazenda Espírito Santo, no município paraense de Eldorado dos Carajás, está ocupada por membros do MST desde fevereiro. Na ocasião, o MST alegou ter invadido a fazenda em protesto contra declarações do presidente do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, que havia dito que repasses de verbas públicas ao movimento são ilegais.

Segundo a assessoria do MST, o tiroteio do sábado ocorreu quando os trabalhadores voltavam de uma mobilização em homenagem aos mortos no massacre. Eles teriam sido emboscados por seguranças da fazenda.

Ainda de acordo com o MST, nove pessoas ficaram feridas no tiroteio. As vítimas teriam sido encaminhadas para um hospital no município de Xinguara.

De acordo com a assessoria da Agropecuária Santa Bárbara, propietária da fazenda, os trabalhadores, que tomaram posse da portaria da fazenda em fevereiro, teriam roubado um caminhão que levava material de construção para a sede do local.

Cinquenta trabalhadores teriam subido no caminhão, armados, em direção à sede, para tomá-la, quando entraram em um tiroteio com os seguranças. Segundo a assessoria, um segurança foi baleado no olho e um trabalhador, conhecido como "Índio", foi "atingido". Ambos foram levados para um hospital em Marabá.

O MST afirmou que três trabalhadores estavam sendo mantidos reféns por seguranças na fazenda, enquando a assessoria da fazenda disse que os reféns eram quatro jornalistas e uma advogada da Fazenda, que passaram a noite sob poder dos invasores, mas já foram libertados.

(Reportagem de Fabio Murakawa e Vanessa Stelzer)

Leia mais sobre: MST

    Leia tudo sobre: mstsem-terra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG