Atentado aconteceu durante a realização de uma parada gay na região metropolitana da Bahia

selo

Quatro homens, quatro mulheres e um adolescente de 15 anos foram baleados, na noite de ontem, em Barra do Pojuca, distrito de Camaçari (BA), região metropolitana de Salvador, durante a realização de uma parada gay.

De acordo com informações da 33ª Delegacia, que investiga o caso, o atentado não teria relação com homofobia, mas com a tentativa de assassinato de Francisco Gabriel dos Santos, que estaria sendo perseguido por traficantes de drogas.

Segundo testemunhas, cinco homens chegaram à praça central do distrito em uma caminhonete e teriam disparado várias vezes contra Santos, no meio da multidão.

Ele escapou do atentado durante o evento, mas acabou sendo morto pelos atiradores. Seu corpo foi encontrado, na manhã de hoje, no quintal de um imóvel próximo do local onde ocorreu o tiroteio.

Os investigadores acreditam que o mandante do assassinato seja um traficante chamado Manoel Messias Marinho. Policiais fazem buscas pela região tentando localizar os suspeitos. A maioria dos feridos foi atingida de raspão. Duas vítimas foram internadas no Hospital Geral de Camaçari - uma delas foi transferida para o Hospital Geral do Estado, em Salvador -, mas não correm risco de morte.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.