Tiroteio deixa 8 baleados na Penha, no RJ

Oito pessoas foram baleadas ontem no Rio de Janeiro durante tiroteio que começou na Vila Cruzeiro, na Penha, e terminou na porta do Hospital Getúlio Vargas, no mesmo bairro da zona norte da capital fluminense. Dois são policiais militares e os outros seis seriam moradores.

Agência Estado |

A troca de tiros começou após uma viatura da PM ter ficado encurralada em um dos acessos à favela. Os policiais tiveram o auxílio de três blindados e uma tropa do Batalhão de Choque foi acionada. Em razão da ação, alunos da Escola Municipal Leonor Coelho Pereira ficaram abrigados por cerca de duas horas.

O soldado Marcio Nunes Bernardo foi baleado de raspão na barriga e na coxa esquerda, e o cabo Sergio Fernandes de Moraes foi atingido na perna esquerda. A maioria das vítimas sofreu ferimentos de raspão. Até o fim da noite de sexta-feira, duas permaneciam internadas: João Lindolfo Correia Filho, de 63 anos, e Marcelo Luis Pinto, de 24, este em estado grave.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG