Terreiro de candomblé mais antigo do Brasil está ameaçado

SALVADOR - O mais antigo terreiro de candomblé do Brasil, segundo registros extra-oficiais, o Ilê Axé Iyá Nassô Oká, mais conhecido como Casa Branca, está ameaçado de ter os seus bens tomados pela Justiça de Salvador. A pedido da Secretaria da Fazenda, o local está ameaçado devido a uma dívida de R$ 840 mil, referentes a taxas atrasadas do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), distribuídas em quatro processos.

Agência Nordeste |

O secretário municipal da Reparação da Prefeitura de Salvador, Sandro Correia, nesta quinta-feira à tarde, terá uma audiência com o procurador-geral do município, Pedro Guerra, para tratar da questão e adiantou que vai pedir a suspensão dos processos.

Vai haver um diálogo. Estamos tratando de um poder que tem resquícios no Estado colonialista. São mentalidades culturais que nada têm a ver com a questão contábil, mas às vezes têm. A própria discussão do espaço urbano é multifacetada.

De acordo com a Constituição Federal, artigo 150, as propriedades que abrigam culto religioso estão isentas de pagar impostos.

    Leia tudo sobre: iptuterreiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG