Terminal de Congonhas opera por instrumentos e tem 12% de atrasos

Aeroporto Internacional de Cumbica tem 23,1% de voos fora do horário marcado

iG São Paulo |

O Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, está aberto para pousos e decolagens, mas opera por instrumentos nesta manhã. Segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), até as 8 horas, o aeroporto registrava 12,5% de voos com atrasos superior a meia hora e nenhum cancelamento.

O Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, opera visualmente e também está aberto para pousos e decolagens. Nenhum voo sofreu cancelamento, mas 23,1% tiveram atrasos superior a meia hora.

Em Minas Gerais, no aeroporto Tancredo Neves por volta das 8h50, dos 20 voos programados entre a meia noite e o horário, sete não decolaram no horário marcado, o que representa 35% do total, e outros cinco estavam atrasados no momento. Duas operações foram canceladas.

Em todo o Brasil, de acordo com o balanço da Infraero, até as 8 horas, 7,2% dos voos sofreram atrasos e 3% foram cancelados. O Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim, na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro, tem 4,2% de voos com atrasos e 8,3% de cancelamentos. No Aeroporto Santos Dumont, na capital fluminense, 4% dos voos sofreram atrasos.

Na madrugada desta segunda-feira, um voo da Delta Airlines que partiu do Rio de Janeiro com destino a Atlanta, nos Estados Unidos, foi obrigado a retornar ao Aeroporto Tom Jobim, por causa de uma pane no radar meteorológico da aeronave. Os passageiros foram acomodados em hotéis pela companhia aérea e um novo voo para Atlanta deve decolar às 12 horas. A reportagem não conseguiu entrar em contato com a Delta Airlines.

*Com AE

    Leia tudo sobre: infraeroatrasoscongonhassão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG