Termina seqüestro em Santo André após quatro dias

Terminou o seqüestro das adolescentes Nayara e Eloá, ambas de 15 anos, em Santo André, no ABC paulista. Segundo informações da TV Record, após uma explosão no início da tarde de hoje, o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) invadiu o apartamento do Conjunto Habitacional de Santo André.

Agência Estado |

Eloá foi retirada do imóvel em uma maca, com o braço sobre o rosto, e, por enquanto, não há informações sobre o seu estado. Nayara também foi colocada em uma ambulância. O seqüestrador, o auxiliar de produção Lindembergue Alves, de 22 anos, saiu carregado pelos policiais.

O caso teve início na tarde de segunda. Inconformado com o fim do relacionamento com Eloá, Alves invadiu o apartamento do Conjunto Habitacional de Santo André. Além da ex-namorada, estavam no imóvel Nayara e mais dois garotos. Os meninos foram libertados pouco depois. Alves autorizou a saída de Nayara no fim da noite de terça, mas, na manhã de quinta, ela voltou ao cativeiro. O retorno teria sido permitido pela polícia como parte da estratégia de negociações.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG