Tamanho do texto

Terminou na manhã desta quinta-feira, após mais de 15 horas, a rebelião dos presos da Penitenciária Orlando Brando Filinto, em Iaras, no interior do Estado de São Paulo.

Segundo informações da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), a rebelião começou por volta das 16 horas de quarta-feira e ainda não se sabe se foi causada por uma tentativa de fuga.

Os detentos mantinham três funcionários da unidade reféns, que foram liberados sem ferimentos. A direção do presídio coordenou as negociações. A SAP não tem informações sobre quais eram os pedidos dos presos para a liberação dos reféns. Funcionários do presídio estão fazendo uma recontagem dos presos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.