Terceiro jornal mais antigo do País é fechado

Circulou ontem a última edição do jornal Monitor Campista, de Campos dos Goytacazes (norte fluminense), fundado em 4 de janeiro de 1834 e terceiro mais antigo do País. Os Diários Associados anunciaram o fechamento em carta enviada aos funcionários, na qual apontaram dívidas como motivo para o encerramento das atividades.

Agência Estado |

Recentemente a Prefeitura de Campos deixou de publicar no jornal as edições do Diário Oficial. Aproximadamente 40 pessoas, entre jornalistas e funcionários de outras áreas, perderam o emprego.

Na semana passada houve uma manifestação contra o fechamento na frente do prédio do jornal, e leitores lançaram o movimento Viva Monitor.

Em nota, a Associação de Imprensa Campista (AIC) pediu que o grupo mantenha o "Monitor Campista" em atividade. "A Associação solicita da direção dos Diários Associados um tratamento mais cauteloso em relação ao jornal campista, com a manutenção dos esforços pela superação da sua crise econômica. Um jornal de quase duzentos anos, com credibilidade inatacável e patrimônio de todos os campistas, não pode desaparecer", diz o texto.

Apesar de não estar mais circulando, os leitores e jornalistas ainda têm esperança de que ele volte a ser impresso.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG