Terceirizados da Eletropaulo entram em greve

Os funcionários terceirizados da AES Eletropaulo entraram em greve a partir de hoje, segundo informações do Sindicato dos Eletricitários de São Paulo (Stieesp). A paralisação por 24 horas dos cerca de 4 mil prestadores de serviço tem como objetivo reivindicar paridade salarial e de benefícios entre os terceirizados e os funcionários contratados.

Agência Estado |

Segundo o sindicato, os terceirizados são responsáveis pela manutenção e ampliação da rede de energia, além do atendimento aos consumidores nos serviços de corte, religação e ligação nova. "Os terceirizados realizam as mesmas funções dos contratados próprios e são expostos aos mesmos riscos. Não é justo que sejam marginalizados pela contratante", defende o presidente do Stieesp, Carlos Reis.

Não havendo avanços nas reivindicações, os trabalhadores pretendem realizar outras duas manifestações de 48 e 72 horas, a partir de 22 de setembro e 1º de outubro, respectivamente, segundo informa o sindicato da categoria.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG