Tentativa de roubo deixa um morto e 2 feridos em SP

SÃO PAULO - Um bandido morreu e um suspeito e um policial militar ficaram feridos após uma troca de tiros na noite deste domingo no bairro Vila Mariana, zona sul de São Paulo. Junto com outros dois comparsas, os suspeitos invadiram uma casa e renderam três vítimas, um comerciário, a mulher e a filha do casal.

Agência Estado |

A família foi abordada quando chegava em casa. Vizinhos escutaram a movimentação e acionaram a Polícia Militar (PM). Ninguém da família ficou ferido na tentativa de roubo.

Ao chegarem ao local, os PMs tocaram a campainha e foram recebidos pela dona da casa, que abriu a porta. No momento, as duas outras vítimas estavam amarradas e amordaçadas. O trio já tinha reunido diversos objetos da família: joias, dinheiro, celulares e a chave do carro. Ao verem os policiais, os três bandidos tentaram escapar pelos fundos, pulando sobre os telhados das residências vizinhas. Um quarto assaltante, que aguardava em um carro do lado de fora, conseguiu fugir.

"Quando fomos fazer a varredura fomos recebidos a tiros, daí revidamos", contou o tenente Sol Reys. Segundo ele, logo no início um dos suspeitos, identificado como Adelmo Gomes de Oliveira, de 21 anos, foi atingido. Ele foi levado ao Pronto-Socorro (PS) do Hospital São Paulo, mas não resistiu aos ferimentos. Um policial se feriu ao despencar de um dos telhados. Ele machucou o ombro e foi socorrido no PS Cruz Azul. O segundo suspeito atingido, Alexandre Alves dos Santos, de 20 anos, foi ferido e depois, preso em uma outra casa. Ele foi encaminhado ao PS Vergueiro, onde continua internado.

Santos chegou ao local pelo telhado e entrou pela porta dos fundos. Os moradores escutaram a movimentação e tentaram se proteger. Enquanto a esposa, a filha e o genro correram para a garagem, o dono da residência segurou a porta da frente pelo lado de fora e "prendeu" Santos dentro da casa. "Só soltei quando a polícia chegou", disse. Conforme ele, Santos deixou marcas de sangue na sala, que foram limpas pela família.

Perseguição

Durante o tiroteio e a perseguição, a PM solicitou o apoio do Corpo de Bombeiros e do helicóptero Águia, que sobrevoou o local, mas não encontrou os dois ladrões que fugiram. Um homem foi visto por vizinhos pulando de cima de uma casa e fugindo a pé. Ele estava envolto a um cobertor, que foi deixado no local. Uma viatura da PM tentou localizá-lo pelas proximidades, porém nenhum suspeito foi encontrado.

"Esse cobertor estava no meu varal. Acho que o ladrão ficou escondido debaixo da minha caixa d'água enrolado nele, se passando por uma trouxa de roupas sujas. Ele esperou tudo acalmar para depois fugir", afirmou o dono da casa, que preferiu não se identificar. Ao todo, a polícia apreendeu um revólver calibre 38, um revólver falso, uma touca ninja, uma máscara e um par de luvas. O caso foi registrado no 6º Distrito Policial (Cambuci).

Leia mais sobre: assaltos

    Leia tudo sobre: assaltanteassalto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG