O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, disse hoje que, graças ao Sistema Único de Saúde (SUS), o governo vem enfrentando com qualidade e competência a epidemia de gripe suína. Ele descartou o uso preventivo do medicamento oseltamivir (Tamiflu), usado no tratamento da doença, em grávidas ou em qualquer outro grupo de risco.

O ministro participou hoje de manhã de cerimônia de anúncio de investimento em 46 Unidades de Pronto-Atendimento, no Palácio Guanabara, no Rio.

"Fazer profilaxia com antiviral é uma medida de profunda irresponsabilidade e não tem nenhuma base técnico-científica", disse ele, ressaltando que o remédio deve ser receitado apenas nos casos indicados pelo protocolo do Ministério da Saúde, que recomenda seu uso apenas nos pacientes com síndrome respiratória aguda grave ou que fazem parte do grupo de risco (crianças menores de dois anos, gestantes, idosos e pessoas portadores de doença crônica ou deficiências no sistema imunológico).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.