Temporão é contra atender convênio em hospitais de SP

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, desaprovou hoje o atendimento de convênios de saúde em hospitais paulistas. Entendo que uma entidade pública ao abrir para a possibilidade de vender serviços no mercado está abrindo um precedente perigoso, afirmou ele.

Agência Estado |

"Não é uma proposta que eu gosto não (sic)". O ministro disse ter sido surpreendido com o projeto de lei aprovado pela Assembleia Legislativa. "O projeto de lei original encaminhado pelo governador (José Serra) não previa isso, houve uma emenda", afirmou.

Temporão disse que defende a profissionalização da gestão hospitalar, contrato de metas, contratação de pessoal pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), "mas para atender única e exclusivamente o Sistema Único de Saúde (SUS)". Mesmo desfavorável à iniciativa do governo de São Paulo, ele disse que não pretende agir contra. "Não se trata de impedir", frisou. "É uma lei estadual e os Estados têm autonomia"

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG