bebidas alcóolicas e cigarros devem ficar mais caros para aumentar os recursos do ministério." / bebidas alcóolicas e cigarros devem ficar mais caros para aumentar os recursos do ministério." /

Temporão diz que há risco de epidemia de dengue no Norte e Nordeste

BRASÍLIA - O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, admitiu nesta sexta-feira que existe risco de o Nordeste, o Norte e a Baixada Fluminense viverem no ano que vem uma epidemia de dengue semelhante à que acontece neste ano no Rio de Janeiro. Existe sim o risco de a doença se espalhar no ano que vem, afirmou. Temporão ainda anunciou que http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/04/25/por_verba_temporao_quer_subir_preco_de_cigarro_e_bebida_1287031.html target=_topbebidas alcóolicas e cigarros devem ficar mais caros para aumentar os recursos do ministério.

Agência Estado |


Na próxima semana, Temporão se reúne com governadores do Nordeste em uma ação para que eles recomendem aos prefeitos a adotarem medidas de prevenção contra a doença. "Nenhum país do mundo é capaz de enfrentar a epidemia da doença com falta de acesso à água e a condições de moradia e de limpeza urbana, além de educação, conscientização e mobilização."

Segundo o ministro, no Rio de Janeiro houve falha tanto no combate ao vetor quanto no atendimento à população. Temporão afirmou que o atendimento médico no Rio é todo centrado em prontos-socorros de grandes hospitais, o que dificulta o atendimento de um grande volume de pessoas e favorece o número de óbitos. O ministro participou nesta sexta-feira da inauguração do Centro Logístico Bomi para a indústria farmacêutica, em Itapevi, São Paulo.

No ano passado, segundo ele, o governo federal destinou R$ 700 milhões para Estados e municípios no combate à dengue. Neste ano, a previsão é de R$ 800 milhões.

"Já estamos fazendo tudo o que temos de fazer para evitar a doença. Tudo o que há de mais eficaz contra a dengue o Brasil utiliza, mas em condições de miséria e de falta de moradia acho que é muito difícil a ação. Nesse aspecto, tudo o que está no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) tende a ajudar", disse.

Leia também:

Leia mais sobre: dengue

    Leia tudo sobre: dengue

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG