Tamanho do texto

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, descartou por enquanto a possibilidade de estabelecer restrições ao tráfego aéreo ou de pessoas vindas do México, onde se iniciou a epidemia de gripe suína que já tem casos confirmados em outros países. Estamos seguindo rigorosamente as recomendações da OMS (Organização Mundial de Saúde), que ainda não fez nenhuma restrição nesse sentido, disse.

O ministro voltou a afirmar que, apesar de o vírus não ter chegado à América do Sul, o Brasil tem estoques de medicamentos para tratar, inicialmente, até 9 milhões de pessoas. Até o momento não há nenhum caso confirmado de gripe suína no Brasil. De acordo com boletim do Ministério da Saúde emitido ontem, o País tem 4 casos suspeitos da gripe e 42 em investigação.