Temer quer estudo de reforma administrativa em 30 dias

O presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), deu prazo de 30 dias para que uma comissão formada por diretores da Casa e deputados elaborem um estudo sobre reforma administrativa. A intenção é consolidar as cotas de verbas parlamentares, existentes hoje.

Agência Estado |

Não está descartada a hipótese de discutir o aumento salarial dos parlamentares como resultado desse estudo.

Hoje, Temer decidiu, em reunião com os líderes partidários e integrantes da Mesa Diretora, instituir as novas regras para o uso de passagens aéreas pagas pela Câmara por meio de ato da Mesa, um instrumento administrativo que não precisa de aprovação pelo plenário. O ato entrará em vigor assim que for publicado. Assim, não houve necessidade de votação para aprovar as novas regras.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG