A Central de Atendimento da Telefônica informou hoje por meio de nota que deixará de vender o serviço de internet banda larga Speedy a partir da 0 hora de amanhã, conforme ordem da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A empresa comunicou que recebeu a notificação do órgão no fim da tarde de hoje sem, no entanto, ter tido acesso aos demais documentos.

A companhia destacou que a punição imposta pela Anatel não "impacta nem interrompe os serviços prestados aos atuais usuários do Speedy".

A determinação da Anatel para a suspensão da comercialização do Speedy foi tomada em razão das inúmeras reclamações de falhas na prestação do serviço de acesso à internet em alta velocidade. A suspensão é temporária e vai vigorar até que a empresa declare que foram implementadas medidas que assegurem a efetiva regularização do serviço.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.