A Telefônica informou hoje que compensará os clientes do serviço de banda larga Speedy pelos problemas no funcionamento do serviço ocorridos entre os dias 2 e 3 de julho, em função de problema técnico na rede de dados da empresa. A informação consta em um comunicado da companhia, divulgado hoje.

De acordo com a Telefônica, a decisão atende ao compromisso firmado com o Ministério Público Estadual - Promotoria de Justiça do Consumidor - e a Fundação Procon.

A empresa efetuará desconto relativo às 36 horas em que o serviço apresentou problemas, conforme determina a regulamentação, acrescido de crédito, a título de compensação, equivalente a 84 horas, calculados sobre o valor da assinatura mensal do Speedy. No total, os clientes terão uma redução, na conta do serviço, de valor equivalente a cinco dias, ou 120 horas. Na esfera pública, a pane deixou fora do ar os sistemas de serviços digitais do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), de registro de boletins de ocorrência das delegacias e das unidades do Poupatempo.

A empresa informou ainda que "já iniciou diálogo com os clientes empresariais e governamentais para definir as compensações aplicáveis a cada um deles, de acordo com as disposições contratuais e comerciais estabelecidas". Ainda segundo o comunicado, a Telefônica espera que estas medidas reparem os transtornos causados pelo apagão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.