Técnicos do Iphan avaliam calamidade em São Luiz do Paraitinga

Oito técnicos do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat) do estado de São Paulo visitam nesta terça-feira (5) a cidade de São Luiz do Paraitinga, no Vale do Paraíba, para fazer uma primeira avaliação sobre a situação do município, castigado pelas chuvas.

iG São Paulo |

O presidente do Iphan, Luiz Fernando de Almeida, explicou que os técnicos farão, de imediato, um levantamento das condições das estruturas que resistiram às águas para consolidá-las e dar início a um diagnóstico detalhado da situação. O trabalho será base para que o Iphan e o Condephaat possam montar a estratégia de recuperação do centro histórico.

AE
Igreja construída no século XIX ruiu ao ser atingida pelas águas em São Luiz do Paraitinga

Na segunda-feira (4), Almeida fez um apelo para que a sociedade civil colabore com a reconstrução. "Nunca antes registramos uma calamidade com essas dimensões no patrimônio histórico por causa de chuvas ou acidentes naturais", disse Almeida, com base numa análise prévia feita com fotos das enchentes.

Os quase 70 casarões tombados pelo patrimônio histórico que ruíram ou que tiveram estruturas abaladas devem ser reerguidos usando concreto armado e alvenaria nas estruturas. Erguidos na época do café por meio da técnica de taipa de pilão e pau-a-pique, os casarões se tornaram muito vulneráveis durante as cheias.

"O Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico) permite que as estruturas sejam reforçadas, contanto que as fachadas sejam preservadas", disse o engenheiro civil Jairo Bonielo, que ajudou na reforma do mercado municipal.

Cerca de cem residências foram liberadas para os moradores no fim da tarde de segunda-feira, segundo informações da Defesa Civil estadual. O balanço afirma que 2,4 mil moradores ainda estão desalojados e 50 estão em abrigos da prefeitura. Pelo menos mil casas devem passar por revista da Defesa Civil. 

(Com informações da Agência Brasil e da Agência Estado)

Leia mais sobre: São Luiz do Paraitinga

    Leia tudo sobre: chuvachuvasenchentesão luiz do paraitinga

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG