Teatro de grupos locais ganha destaque no Festival de Curitiba

CURITIBA ¿ Para sua 18ª edição, o Festival de Curitiba reservou um espaço de destaque para contemplar a arte teatral dos grupos locais. Além de um estande montado no Memorial de Curitiba, local-sede do Festival, para divulgarem suas ações, as companhias curitibanas terão um jornal com foco em teatro de grupo.

Michel Fernandes, especial para o Último Segundo |

Cerca de 13 companhias curitibanas formam esse Movimento de Teatro de Grupo do festival, entre elas as companhias ACT - Ateliê de Criação Teatral, A Armadilha Cia de Teatro, Alameda Cia Teatral, Ator Cômico, CiaSenhas de Teatro, Companhia Brasileira de Teatro, Companhia Silenciosa, Grupo Antropofocus¿, Obragem Teatro e Cia, Pausa Companhia, Vigor Mortis, Rainha de 2 Cabeças e Grupo Processo. As companhias criaram um blog para divulgar seus trabalhos e idéias.

Em entrevista ao Aplauso Brasil, o ator, diretor e dramaturgo César Almeida, da companhia Rainha de 2 Cabeças, que, no próximo sábado (21), a partir das 22h, lança o segundo volume de seus textos teatrais no Café do Teatro fala sobre o Movimento de Teatro de Grupo do Festival.

O que você acha dessa iniciativa do festival?
César Almeida: Bem, é uma maneira das pessoas se encontrarem e conversarem sobre teatro, coisa bem difícil nos dias de hoje, com esse excesso de produções comerciais.

Qual a importância disso para o teatro de grupo curitibano?
Acho que isso contribui para a reflexão sobre nossos trabalhos, através da críticas de quem faz o teatro com a preocupação de trazer algo novo pra encenação curitibana. Troca de contatos e maior coerência na produção artística atual.

Leia a entrevista completa no Aplauso Brasil

    Leia tudo sobre: festival de curitiba

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG