TCU condena ex-funcionário da CEF a devolver R$ 2,9 mi

O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou o ex-funcionário da Caixa Econômica Federal César Murilo Costa ao pagamento de R$ 2,9 milhões valor atualizado, por realização de saques e operações sem consentimento dos titulares das contas. As operações foram realizadas quando ele era substituto eventual de gerente de relacionamento da agência de Vila Velha, no Espírito Santo.

Agência Estado |

Costa praticou inúmeras irregularidades entre elas transferência de recursos entre contas sem autorização dos titulares, alteração de informações de movimentação e saldo de contas e resgate de valores investidos em fundos de investimento.

O TCU também aplicou multa de R$ 60 mil e declarou o responsável inabilitado por oito anos ao exercício de cargo em comissão ou função de confiança na administração pública.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG