TCE autoriza seguir licitação de linha do metrô em SP

O Metrô de São Paulo foi autorizado ontem pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) a dar prosseguimento ao edital para a contratação das empresas que construirão a extensão da Linha 5 - Lilás (hoje com 8,4 km, ligando o Capão Redondo ao Largo Treze, na zona sul). As obras, previstas para ter início no segundo trimestre deste ano, corriam o risco de atrasos porque duas das empresas participantes da concorrência, Delta Construções e Galvão Engenharia, apresentaram representação contra o edital, que chegou a ser paralisado no dia 16 de janeiro.

Agência Estado |

Como o Metrô exige, na concorrência, que as empresas interessadas entreguem “atestados de capacidade de escavação e construção de túneis”, as duas empreiteiras recorreram ao tribunal, alegando que isso limitaria a concorrência a empresas que já tivessem participado da construção de outras linhas. O Metrô apresentou justificativas da exigência, que foram aceitas pelo tribunal. Ainda não há custo estimado das obras de expansão da Linha 5. Como trata-se de uma concorrência, vencerá a empresa que apresentar o menor preço final. As informações são do Jornal da Tarde .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG