O ministro-chefe da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, disse que, durante a reunião de hoje com o grupo de coordenação política no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), houve a despedida do ministro da Justiça, Tarso Genro, que está deixando o cargo para se candidatar ao governo do Rio Grande do Sul. O presidente Lula, segundo Padilha, afirmou que quer conversar ainda esta semana com Luiz Paulo Barreto, atual secretário-executivo da Justiça e futuro ministro, para discutir os trabalhos no ministério.

O nome de Barreto para o Ministério da Justiça ainda não foi comunicado oficialmente, mas a indicação foi divulgada na semana passada por Genro à imprensa.

Segundo Padilha, Lula quer fazer uma mudança pacífica em todos os ministérios. De acordo com ele, na reunião de hoje o presidente ressaltou que a disposição de sair agora do governo foi do próprio Genro e que por ele, presidente, o ministro permaneceria no cargo até o fim do mandato.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.