Tamanho do texto

O ministro da Justiça, Tarso Genro, previu hoje que a gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva estará no centro dos debates eleitorais nacional e estaduais em 2010. Serão eleições muito polarizadas em torno do governo Lula, em torno do significado do governo Lula para o País, em torno do antes e do depois, em torno da nossa relação com a crise, em torno da articulação federativa que o presidente fez na sua relação com os Estados e tudo isso tem que ser debulhado e exposto no debate, disse.

Em Porto Alegre, onde participou hoje da cerimônia de adesão de 50 cidades do Rio Grande do Sul ao Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), Tarso voltou a dizer que a possível candidata do PT à sucessão de Lula, a chefe da Casa Civil Dilma Rousseff, tem "o melhor cabo eleitoral do mundo", que é o próprio presidente.

Ele lembrou ainda que Dilma cresceu nas pesquisas de intenção de voto à medida em que o debate sobre a sucessão presidencial passou a conectar o nome dela ao de Lula. Porém, Genro não quis comentar seu empate, com 30% das intenções de voto, com o prefeito de Porto Alegre, José Fogaça (PMDB), na preferência atual dos gaúchos para o governo do Estado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.