Ao ser questionado sobre declarações do prefeito de Porto Alegre (RS), José Fogaça (PMDB) de que não concorrerá ao governo do Estado em 2010, o ministro da Justiça, Tarso Genro, disse que tanto ele quanto o ex-governador Germano Rigotto (PMDB) são bons candidatos. São pessoas que têm uma trajetória respeitável e seja com qual for deles que nós façamos o debate, vamos debater qual a proposta para tirar o Estado da letargia política, econômica e moral em que se encontra, declarou.

Em entrevista à "rádio Gaúcha", Fogaça disse hoje que espera concorrer ao governo em 2014 e defendeu o nome de Rigotto para a disputa do ano que vem.

Para Tarso, é possível que a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, conte com um palanque duplo no Rio Grande do Sul, pois os partidos são muito regionalizados no País e é preciso respeitar as realidades estaduais.

Mesmo assim, avaliou que o palanque do PT é o mais favorável a Dilma. "Todos os indícios até agora demonstram que o palanque mais forte para a Dilma aqui é o que estamos construindo com nossos aliados", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.