Tarso diz que vai pedir presença de Lula em Porto Alegre

O ministro da Justiça, Tarso Genro, disse hoje que vai pleitear que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva venha acompanhar a Maria do Rosário (PT) no segundo turno da campanha para a prefeitura de Porto Alegre. As últimas pesquisas de intenção de voto mostram as candidatas do PT e do PC do B, Manuela DÁvila, tecnicamente empatadas em segundo lugar.

Agência Estado |

O prefeito José Fogaça (PMDB) lidera a corrida à prefeitura.

Tarso ressaltou que Lula não tem uma decisão a respeito, mas avaliou que "em Porto Alegre não há dúvida de quem representa a afirmação da base política do presidente". O ministro afirmou que Fogaça é "uma pessoa respeitosa e respeitável, mas até ontem ele era de um partido que era duramente oposicionista e que apoiou Alckmin", numa referência à eleição presidencial de 2006. Fogaça pertencia ao PPS e retornou ao PMDB no ano passado.

"A gente tem o direito de pedir (a participação de Lula) e a posição que ele assumir vai ser acatada por todos nós como seus ministros e companheiros de partido", disse. Tarso votou pouco depois das 9h30 na Escola Estadual Santos Dumont, na zona sul da cidade, acompanhado de Maria do Rosário, do candidato a vice-prefeito Marcelo Danéris (PT), e dos ministros da Casa Civil, Dilma Rousseff, e do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel. Os três ministros votam na mesma zona eleitoral.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG