Tarso diz que PT e Lula são contra reforma constitucional que viabilize terceiro mandato

BRASÍLIA - O ministro da Justiça, Tarso Genro, reforçou nesta terça-feira que tanto o PT como o presidente Luiz Inácio Lula da Silva são contra uma reforma constitucional, que torne possível a disputa por um terceiro mandato, em 2010.

Agência Brasil |

"O presidente não quer, o partido não quer, a sociedade não quer uma reforma constitucional para viabilizar o terceiro mandato. Isso está ocorrendo porque a discussão foi posta de maneira insistente e descabida pela oposição, afirmou o ministro, durante cerimônia de lançamento do Movimento Brasil contra a Violência, no Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Para Tarso Genro, a estratégia da oposição, ao colocar na pauta de discussão a possibilidade de um terceiro mandato, levou Lula a reiterar que não é candidato, antecipando a disputa eleitoral.

"Essa idéia do terceiro mandato começa a se disseminar na sociedade e isso não é bom, porque antecipa a questão eleitoral. A oposição provocou essa antecipação, disse o ministro da Justiça.

Leia também:

    Leia tudo sobre: terceiro mandato

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG