Tarso confirma que Funasa deixará de dar assistência à saúde dos índios

BELÉM - O ministro da Justiça, Tarso Genro, reiterou neste sábado que o controle da saúde indígena deixará de ser de responsabilidade da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e passará para outra área do Ministério da Saúde. De acordo com ele, a transferência deve ocorre até junho deste ano.

Agência Brasil |


"Para que essa transferência se efetive, temos que esperar a votação de uma lei no Congresso, mas a estimativa é que ainda no primeiro semestre possamos resolver isso. Para tanto, vamos nos esforçar porque é um desejo do governo federal e uma determinação do presidente Lula", disse o ministro, em entrevista à Agência Brasil.

O ministro deu a informação após uma reunião com representantes dos povos indígenas, durante o Fórum Social Mundial (FMS), na Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), em Belém.

Ao comentar a declaração do ministro, o líder da nação indígena Kayapó no Pará, Akiaboro Kayapó, destacou que a mudança prometida é um desejo dos índios.

"A Funasa não dá mais. O que a gente quer é melhorar a saúde do nosso povo. Com quem vai ficar não importa. O que importa é garantir que o recurso chegue aos índios e de forma facilitada".

Durante o encontro com o ministro, os índios falaram sobre outros assuntos, como a demarcação da reserva Raposa Serra do Sol, em Roraima, e o massacre aos indígenas.

Tarso se comprometeu a encaminhar tais temas como garantia dos direitos dos índios. Akiaboro Kayapó também reafirmou a posição contrária dos indígenas à Hidrelétrica de Belo Monte, no Xingu.

"Não queremos a Hidrelétrica de Belo Monte, no Xingu, porque vai contaminar os peixes, expulsar os bichos que estão lá e trazer um monte de outros problemas, como o alagamento de roças ribeirinhas aos rios e aldeias dos índios. Estamos preocupados com isso também", acrescentou.

Leia também:

Leia mais sobre: Fórum Social Mundial

    Leia tudo sobre: fórum social mundial

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG