Inglorious Basterds - Brasil - iG" /

Tarantino tentar conquistar Cannes com seus Inglorious Basterds

O diretor Quentin Tarantino enviou um esquadrão de bastardos inglórios matadores de nazistas ao Festival de Cinema de Cannes nesta quarta-feira com o filme Inglourious Basterds, projetado na mostra de produções que competem pela Palma de Ouro.

AFP |

"É o poder do cinema que vai derrubar o Terceiro Reich!", disse um empolgado Tarantino, que deu a entrevista coletiva pós-première ao lado de Brad Pitt, uma das estrelas de seu elenco.

O novo trabalho do cultuado diretor, que em 1994 ganhou a Palma de Ouro com "Pulp Fiction", traz todas as características marcantes de seus filmes, como os diálogos precisos, a violência extrema, o humor negro e muitas referências a mestres do cinema.

O filme, um dos 20 em competição pelo principal prêmio de Cannes, tem ainda a trilha sonora assinada pelo astro do rock David Bowie.

No "filme de um monte de caras em uma missão", como "Inglorious Basterds" foi brevemente descrito por seu diretor, Pitt interpreta o tenente Aldo, que lidera um esquadrão de soldados judeus americanos que atravessa a França ocupada pelos nazistas tratando seus inimigos com violência e brutalidade.

Aldo diz a seus homens que cada um deve trazer o escalpo de 100 nazistas, e jura aterrorizar o exército alemão com "os corpos decapitados, desmembrados e desfigurados que formos deixando para trás".

Uma história paralela mostra uma menina judia que decide se vingar depois de testemunhar o assassinato de toda a sua família pelos soldados nazistas.

Hitler, Goebbels e outros membros da liderança do Terceiro Reich aparecem no filme, que culmina com uma conspiração estrangeira para derrubar o regime na estreia de um filme de propaganda nazista em Paris.

"É obviamente ultrajante!", brincou Pitt na entrevista desta quarta-feira.

Setenta por cento do filme é ambientado na França e na Alemanha, mas o diretor, de 46 anos, parecia despreocupado com uma eventual rejeição do público americano aos trechos legendados.

"Não sou um cineasta americano, eu faço filmes para o planeta Terra e Cannes é o lugar que representa isso", disse Tarantino, cuja carreira decolou em 1991 com o filme "Cães de Aluguel".

Tarantino, Pitt e outras estrelas devem comparecer mais tarde nesta quarta-feira à premiére de gala de "Inglorious Basterds".

As primeiras resenhas do filme na imprensa se dividiam.

"Quentin Tarantino volta à cena com este grande triunfo hoje", escreveu o The Times de Londres.

Já o Hollywood Reporter escreveu em sua manchete: "Um filme de guerra surpreendente suave do rei das histórias sangrentas?"

"A história não vai se repetir para Quentin Tarantino," afirmou. "'Inglourious Basterds' apenas dá continuidade à série de decepções da competição deste ano".

O elenco estrelado de Tarantino inclui Mike Myers, Eli Roth, Diane Kruger e o irlandês Michael Fassbender.

rm/ap/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG