Familiares e amigos das vítimas do vôo JJ3054 da TAM fizeram um minuto de silêncio às 18h51 de hoje, horário exato em que, há um ano, ocorreu o acidente com o avião da companhia aérea que se chocou com o prédio da TAM Express, próximo ao Aeroporto Internacional de Congonhas, na zona sul de São Paulo. Cerca de 500 pessoas participaram da cerimônia no terreno onde ficava o edifício da TAM Express, entre elas o prefeito da capital paulista, Gilberto Kassab (DEM).

Os parentes levaram flores a um palco montado especialmente para o encontro. Uma árvore foi iluminada e decorada com imagens da tragédia e fotos das vítimas. A viúva de um dos passageiros hasteou a Bandeira Nacional. A idéia é que fique erguida até a construção de um memorial, plano reforçado pelo presidente da Associação dos Familiares e Amigos das Vítimas do Vôo TAM JJ3054 (Afavitam), Dario Scott. A Prefeitura planeja construir uma praça no local.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.