TAM é condenada a indenizar passageiro por atraso de 15 horas em voo

RIO DE JANEIRO ¿ O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro condenou a empresa TAM Linhas Aéreas a indenizar em R$ 6 mil, por danos morais, um passageiro que teve que esperar por quase 15 horas por um voo do Rio para Florianópolis, com escala em São Paulo. Por causa do atraso, ocorrido em julho de 2007, o passageiro perdeu um compromisso profissional.

Redação |

Os transtornos sofridos pelo autor, com várias horas de atraso, impossibilidade de repouso adequado e perda de compromisso profissional, ultrapassam a esfera do mero aborrecimento, configurado, isto sim, o dano moral, explicou na sua decisão o desembargador Antônio Iloízio Barros Bastos, da 12ª Câmara Cível.

Para o magistrado, foram levados em consideração no caso certos aspectos, como a gravidade do fato, suas consequências, a condição social da vítima e o infrator. A empresa aérea alegou em sua defesa que o transtorno aconteceu por causa de um acidente aéreo em 17 de julho daquele ano, quando vários voos foram cancelados.

A TAM alegou ainda que a situação teria sido agravada em virtude das condições meteorológicas desfavoráveis. As razões da empresa área, porém, não convenceram os desembargadores e nem o juiz de primeira instância que não viram relação direta entre o dia do acidente e o da viagem do autor, ocorrida no dia 22 de julho.

Leia mais sobre: danos morais

    Leia tudo sobre: danos moraisindenizaçãotam

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG