TAM define até fim do ano parceria em centro tecnológico

Até o fim do ano, a TAM decidirá se terá um parceiro ou administrará sozinha o seu centro tecnológico de manutenção de aeronaves, localizado em São Carlos, no interior de São Paulo. Segundo o presidente da TAM, David Barioni, a empresa também analisará as vantagens de manter tais operações vinculadas à estrutura da companhia aérea ou gerenciá-las em separado.

Agência Estado |

De acordo com Barioni, eventuais parceiros podem ser estratégicos ou financeiros. "A vantagem de um parceiro do ramo é que ele pode angariar clientes de outras partes do mundo, enquanto o financeiro dá mais liberdade de investimento. Ficando sozinhos temos a vantagem de um maior controle do negócio", disse, após reunião com analistas.

O centro de manutenção é visto pela TAM como uma importante fonte alternativa de receitas. Por enquanto, a empresa tem um único contrato de longo prazo, selado no segundo trimestre deste ano com o Grupo LAN. Mas Barioni diz que está negociando novos contratos com "várias" empresas da Europa e da América do Sul.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG